17/06/2024

Na Antiguidade, a figura do oráculo representava a busca por sabedoria, orientação divina e a revelação de verdades ocultas. Ela simbolizava a ponte entre o mundo humano e o divino, oferecendo insights e previsões sobre o futuro, além de aconselhamento e respostas a questões complexas da vida.

Se você curtia assistir a “Xena” ou “Hércules” no domingo de manhã, ou se já assistiu a qualquer filme ou série que se passa na Grécia Antiga (ou que envolve viagem no tempo), com certeza já se deparou com o Oráculo de Delfos ou outras representações que traziam “informações de outro mundo”. Mesmo que o brilho dessa época tenha ficado para trás, uma nova face dessa entidade ressurge. Uma face descentralizada.

Os Oráculos na Blockchain

As blockchains, por natureza, são sistemas fechados e não têm a capacidade de acessar ou verificar informações externas por conta própria. Isso significa que, embora as blockchains possam executar contratos inteligentes e outras operações internamente de maneira confiável e segura, elas não podem interagir diretamente com dados ou eventos do mundo real sem ajuda.

E aqui entra o papel dos oráculos. Eles conseguem trazer informações externas para dentro da blockchain. Por exemplo, um contrato inteligente em uma blockchain pode precisar de dados sobre a temperatura, o preço de uma ação, o resultado de um evento esportivo ou qualquer outra informação do mundo real para executar suas condições. Os oráculos coletam essas informações do nosso mundo e as fornecem à blockchain de forma que os contratos inteligentes possam utilizá-las.

Se antes os oráculos pautavam sua confiabilidade em sua autoridade, os de hoje utilizam diversos métodos e tecnologias, como a verificação por múltiplas fontes, criptografia e incentivos econômicos para quem fornece os dados, para minimizar os riscos de manipulação ou erro nos dados fornecidos à blockchain.

Chainlink e Band Protocol: Os Fornecedores dos Oráculos

As duas maiores plataformas de oráculos no ecossistema blockchain não são de Delfos. A Chainlink e a Band Protocol permitem que aplicações descentralizadas (dApps) e contratos inteligentes funcionem conforme o planejado e interajam com o mundo real.

Vamos entender um pouco mais sobre elas.

Chainlink (LINK)

Lançada em 2017, na Ethereum, a Chainlink rapidamente se estabeleceu como uma das principais redes de oráculo no espaço das blockchains.

Ela utiliza uma rede descentralizada de nós, que são incentivados economicamente (através do token LINK) para fornecer dados precisos e confiáveis. A rede emprega várias camadas de segurança e métodos de agregação de dados para garantir que as informações sejam verídicas e representativas.

A flexibilidade e a robustez da Chainlink a tornaram uma escolha popular para muitos desenvolvedores de blockchain e projetos de finanças descentralizadas (DeFi).

Band Protocol (BAND)

Também foi fundada em 2017, porém só foi lançada como um projeto ERC-20 na Ethereum em setembro de 2019. Em junho de 2020, com o lançamento do Band Protocol 2.0, fez a transição para a rede Cosmos SDK, que é otimizada para consultas de dados rápidas e eficientes.

Por isso mesmo, uma das características distintivas do Band Protocol é a sua eficiência e a rapidez na atualização de dados, além de oferecer uma solução mais escalável e custo-efetiva para a obtenção de dados externos.

O token BAND desempenha um papel central no ecossistema, sendo usado para garantir a integridade dos dados, incentivar os fornecedores de dados e participar na governança do protocolo.

A Ponte Entre o Passado e o Futuro Digital

Eu não sei vocês, mas entender o papel dos oráculos atuais, que fazem a conexão entre dois mundos, me faz questionar a qual rede os oráculos antigos estavam acessando, além da natureza do nosso “mundo real”.

Mas, reflexões filosóficas à parte, a blockchain e os contratos inteligentes estão reformulando a maneira como realizamos transações e acordos no mundo digital. Eles prometem um nível de segurança e transparência que antes era difícil de imaginar. Para que essas tecnologias atinjam todo o seu potencial, os oráculos desempenham um papel crucial para construir um ecossistema digital mais seguro e justo, onde a confiança é estabelecida não por promessas, mas por código inalterável e dados verificáveis.

Vale a pena acompanhar o Twitter (X) e o Discord da Chainlink e da Band Protocol para ficar de olho nas suas atualizações.

1 thought on “Chainlink e Band Protocol: Oráculos Descentralizados dos Tempos Atuais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *